Pequenas histórias infantis para contar para seus filhos

Pequenas histórias infantis para contar para seus filhos

As histórias infantis conseguem marcar a vida das crianças. Através delas as crianças podem aprender, sonhar e exercitar a imaginação. Neste post separamos pequenas histórias infantis para contar para seus filhos, que encontramos pela internet, que vão deixar os seus momentos com as crianças ainda mais divertidos.

Contar historias para crianças é um momento muito importante em família. Invista neste tempo de qualidade, você vai se surpreender com os resultados e vai ter uma ligação maior com seus filhos. Com certeza eles vão se lembrar destes momentos por toda a vida. As histórias para crianças não precisam ser muito longas, já que isso pode cansá-las. Para as crianças menores, invista em pequenas histórias. E se prepare, elas vão pedir para você contar de novo, de novo e de novo!

Pequenas histórias infantis para contar para seus filhos

Seleção de pequenas histórias infantis

Agora nós vamos te apresentar histórias que além de lindas, ainda são muito originais e criativas. Com certeza seus filhos vão adorar todos os cenários, falas e personagens. Confira as nossas dicas de pequenas histórias infantis e surpreenda-se.

Uma nova casa

— Daqui a pouco vais voltar a sentir-te em casa — diz a professora, sentando Lisa ao lado de um rapaz de cabelo encaracolado.

Ele chama-se Ali.

— O Ali também está a habituar-se a nós. Ele é marroquino.

Lisa não consegue deixar de pensar no lugar vazio na sua antiga escola e tem de fazer um esforço para não começar a chorar.

Ainda bem que a professora não lhe pergunta nada e a deixa em paz toda a manhã.

Durante o caminho para casa sente medo e foge dali o mais depressa que pode. De repente, Ali aparece ao lado dela.

— Onde moras? — pergunta ele.

— Na Rua da Montanha, no prédio amarelo, no quinto andar.

Lisa aprendeu a morada de cor.

— Então somos vizinhos — diz Ali a rir-se.

Lisa não diz nada e Ali não se preocupa com isso.

Ao abrir a porta de casa, Bali, o gato, vem ao seu encontro. Começa a esfregar-se contra as pernas e a lamentar-se.

— Ele também está a tentar habituar-se ao novo local — diz a mãe.

Fonte: https://historiasparaosmaispequeninos.wordpress.com/2007/09/10/uma-nova-casa/

O cão e o osso

Um cachorro havia ganhado um grande osso e caminhava contente. Ao chegar perto de um lago, viu refletida na água a sua imagem.

Achando que a imagem era outro cão, o animal cobiçou o osso que viu e, num ímpeto de abocanhar-lhe, abriu a boca e deixou seu próprio osso cair no lago. Por isso, ficou sem osso nenhum

Moral da história: Quem tudo quer, acaba ficando sem nada.

Fonte: https://www.culturagenial.com/fabulas-de-animais/

Pequenas histórias infantis para contar para seus filhos

O leão e o rato

Certo dia, estava um Leão a dormir a sesta quando um ratinho começou a correr por cima dele. O Leão acordou, pôs-lhe a pata em cima, abriu a bocarra e preparou-se para o engolir.

– Perdoa-me! – gritou o ratinho – Perdoa-me desta vez e eu nunca o esquecerei. Quem sabe se um dia não precisarás de mim?

O Leão ficou tão divertido com esta ideia que levantou a pata e o deixou partir.

Dias depois o Leão caiu numa armadilha. Como os caçadores o queriam oferecer vivo ao Rei, amarraram-no a uma árvore e partiram à procura de um meio para o transportarem.

Nisto, apareceu o ratinho. Vendo a triste situação em que o Leão se encontrava, roeu as cordas que o prendiam.

E foi assim que um ratinho pequenino salvou o Rei dos Animais.

Moral da história: Não devemos subestimar os outros.

Fonte: https://www.pensador.com/frase/ODEwNDAw/

A rosa orgulhosa

Era uma vez uma rosa que se sentia muito orgulhosa da sua beleza. A única decepção que ela tinha na vida era ter crescido bem ao lado de um cacto feio. Todos os dias, essa rosa insultava o pobre cacto que ficava quietinho.

Todas as outras plantas daquele jardim tentavam fazer a rosa ser alguém melhor, mas ela se deixava levar pela sua boa aparência e nunca mudava.

Um dia, no verão, o poço que ficava ali no jardim secou, e então faltou água para manter as plantinhas. A rosa começou a murchar, mas viu que um pequeno passarinho bebia da água que estava no cacto.

Muito envergonhada, a rosa perguntou ao cacto se ela também poderia ganhar um pouquinho daquela água. E o cacto que era muito gentil atendeu prontamente o pedido e então eles fizeram uma amizade.

A Rosa então compreendeu que não adiantava ser bela por fora, quando não existia nada em seu interior. Pois, o cacto apesar de ser feio tinha algo muito valioso dentro de si.

Fonte: https://www.significadodossonhosonline.com/historinhas-de-dormir/

O canto do pássaro

Uma garotinha muito arteira sempre se machucava entre suas brincadeiras.

Um dia ao andar de bicicleta, passou rápido por uma lombada e caiu, e logo se perguntou: – Onde está Deus que não me salva dos tombos? Ao perguntar, um passarinho cantou e isso deixou a menina feliz!

Num outro dia, a menininha brincando de pega-pega, caiu e ralou o joelho, e se perguntou novamente: – Onde está Deus, que me deixa cair e machucar?

O passarinho que estava na árvore logo cantou e a menina mais uma vez se alegrou! E assim, a garotinha percebeu que Deus estava presente em todos os lugares, e que o canto dos pássaros representava Deus nas pequenas coisas, e na alegria de viver.

A menina também percebeu que Deus não poderia livrá-la sempre de tudo, mas que poderia reerguê-la com alegria e fé para continuar em frente.

Fonte: https://ouvindogospel7.com.br/historias-para-dormir/

Clique aqui e veja também: 10 histórias para dormir

Noites mais divertidas com pequenas histórias infantis

Pequenas histórias infantis para contar para seus filhos

Com todas essas dicas, com certeza as noites na sua casa serão ainda mais divertidas. Uma ideia legal é você contar algumas histórias e depois pedir que a própria criança conte novamente para ver se ela entendeu. Você vai se emocionar e se divertir ao ver seu filho contando as histórias para você!

Ah, e lembre-se esse deve ser um momento especial em família. Desligue a tv e o celular para se concentrar na atividade e dar toda atenção que os pequenos merecem nessa hora. Tire o máximo de proveito da hora das histórias.

Qual foi a história predileta do seu filho? Comente aqui abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *